Google+ Followers

ALFABETO

6 de ago de 2012

Relatorio Descritivo

RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: ALEXANDRE EDSON FREITAS VASCONCELOS
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional

Demonstra sempre ser uma criança alegre, prestativa e carinhosa, mas durante o semestre teve apresentado insegurança no atendimento com resistência em conduzir as atividades, sendo necessário a intervenção do professor, mas foi apenas uma fase, que logo passou.
Nos momentos de realização das atividades em grupo o aluno é bem participativo:
  • Apresentou um bom relacionamento com os colegas e professores;
  • A criança manifesta bons hábitos de higiene.;
  • Apresenta pontualidade nas tarefas de casa;
Aspectos psicomotor

Apresenta dificuldade no equilíbrio corporal e na fala, mas já é notório a evolução nos processos de coordenação, nas habilidade que desenvolvem em atividade motoras fina, traçando e recortando com mais agilidade.
Participa ativamente das brincadeiras proposta, desenvolvendo sua coordenação motora grossa.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

Em língua portuguesa a criança tá tendo um bom desenvolvimento nas habilidades de leitura, conseguindo ler palavrinhas com duas sílabas e escrever (Que já foram estudada durante o período).
Na expressão oral, a criança só expõe suas ideias mediante a solicitação da professora, mas consegue organizar informações para expor com coerência.
Na matemática, teve agilidade para conseguir decodificar os números, e mediante a evolução começou então a desenvolver habilidade na operação de adição.

Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A professora conversou com a psicóloga educacional do município sobre as dificuldades que a criança estava tendo, (pois teve um período que a criança demostrava desinteresse sobre qualquer atividade proposta e quando o professor tentava conversar a criança simplesmente chorava). Essa criança teve um atendimento com a psicologa e foi sugerido o professor/família trabalhassem a questão da autonomia com a criança através do desenvolvimento de atividades que a propicie em momentos de exercício dessa habilidade e manter o diálogo.
Na sala de aula a professora procurou trabalhar através de conversas sobre a importância do diálogo, sempre levando assunto da realidade do aluno (interpretando imagens e comparando com o cotidiano do aluno. A criança tem apresentado melhoras no desenvolvimento, sendo mais participativo mesmo sem a intervenção da professora.
Com relação a dicção do educando, está sendo feito o processo de encaminhamento para o atendimento com a fonoaudióloga.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem apresentado um ótimo acompanhamento.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que treine diariamente a leitura e a escrita, para quando construir frases e textos pequenos possa organizar melhor as ideias para escrever de forma correta. A prática dessas habilidades desperta o interesse e a atenção da criança, desenvolvendo a imaginação, a criatividade, a expressão das ideias e o prazer pela leitura e a escrita.
Exercitar a adição (de acordo com o que vem sendo abordado), para que no próximo semestre a criança continue avançando.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.
























RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: BRENA KELLE SOBRINHO
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional

A aluna demostra preguiça para vir no atendimento, mas logo que chega e começa fazer as atividades proposta, percebe-se interesse.
Nos momentos de realização das atividades em grupo o aluno é bem participativo:
  • Apresentou um bom relacionamento com os colegas e professores;
  • A criança manifesta hábitos de higiene (mas as vezes deixa a desejar);
  • Mostra satisfação ao poder ajudar algum colega;
    OBS- as atividades de casa, foi deixado de mandar pois não estava sendo acompanhado pela família. Mas no segundo semestre vai ser retomada.
Aspectos psicomotor

Apresenta comportamento e equilíbrio corporal acompanhando com segurança e agilidade os movimentos sugeridos nos jogos. Participa ativamente das brincadeiras propostas. Consegue recortar corretamente o contorno solicitado. Tem uma boa coordenação motora fina ao traçar as letras.
Aspecto cognitivo (aprendizagem)

Tem um grande manuseio no aprendizado através de jogos. Tem desenvolvida frequentemente sua memoria conseguindo lembrar do que tá sendo trabalhando no atendimento, (vogais) conseguindo identificar quais letras corresponde o que a professora falar mas ainda encontra com dificuldade ao falar os nomes das letras.
Na expressão oral, a aluna consegue entender o que é falado nas rodas de conversa e contos, sabendo interpretar e trazer para sua realidade, adora contar historia dos acontecimentos na sua vida cotidiana, sempre interpretando com muita aventura.


· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A aluna mostra uma grande dificuldade em memorizar nomes. Por exemplo, é proposta uma atividade de conhecer alguma letra, na hora a aluna consegue identificar, escrever mas logo se passa poucos minutos e ela esquece. A professora começou a trabalhar bastante atividades que desenvolva a memoria, como jogo da memoria, jogos de pares, filmes e pedir para oralmente resumir o que foi visto... Percebe-se um pouco de evolução mas há ainda muito o que fazer.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem apresentado acompanhamento mas é necessário mais atenção e habilidades para trabalhar a memoria, ate mesmo com a própria rotina do dia a dia, sempre perguntando o que a filha tá fazendo.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período
É importante que a aluna tenha um acompanhamento diariamente nas atividades mandada pra casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.
Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.




































RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: MARIA JULIANA DO NASCIMENTO
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional

Demonstra sempre ser uma criança alegre, prestativa e carinhosa, estar sempre pronta para aprender, despertando cada vez mais interesses nas atividades educacionais.
Nos momentos de realização das atividades em grupo a aluna é bem participativa:
  • Apresentou um bom relacionamento com os colegas e professores;
  • A criança manifesta bons hábitos de higiene.;
  • Apresenta pontualidade nas tarefas;
    Nas ultimas semana do mês de junho a aluna não se sente a vontade em ficar no AEE, nos momentos de socialização, evitando vir para sala.
Aspectos psicomotor

Apresenta dificuldade no equilíbrio corporal, tendo dificuldade no andar e na fala, e em algumas brincadeiras como, pular corda, ou brincar de amarelinha . Participa ativamente das brincadeiras propostas, mesmo que as vezes não consegue participar ativamente mas sempre tentando. Já consegue recortar, sem a ajuda da professora. Tem dificuldade ao traçar letras mas há uma grande evolução nas letras que consegue tirar mostra sem intervenção de passo a passo como quando iniciou o atendimento.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

Aprendeu escrever o nome, identificando a maioria das letras. Consegue falar algumas características dos contos apresentado. Foi trabalhado as vogais durante o semestre e a aluna consegue identificar as letras pronunciadas mas tem dificuldade em algumas por nomes.
Na expressão oral, a aluna consegue interpretar o que é falado nas rodas de conversa e contos.
Juliana mostra um grande interesse para aprendizagem e é bastante esforçada.


· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A maior dificuldade com relação a aprendizagem da aluna, é a fala. Mas que tá em processo de encaminhamento para fonoaudióloga.
OBS- Um dos fatores que está retardando o processo de aprendizagem da aluna é o grande número de falta.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem mostrado bastante interesse e força de vontade nos atendimento. O que ta faltando é mais compromisso da família com relação as frequência da aluna.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período
É importante que a aluna tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.









































RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: ELVIRA SABRINA DE SOUSA
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
Muitas vezes tem um comportamento agressivo, usando palavras que não caberia para um ambiente escolar, muito menos para sua idade, porém tem atitudes de carinho com o professor, quando é demostrado o mesmo para com ela.
Reage de forma agressiva ou com nomes obscenos se ao seu redor demostrar risos ou enfrentá-la. Porém quando o atendimento é individual consegue obter resultados satisfatório, o professor consegue realizar as atividades proposta.
Aspectos psicomotor

Apresenta equilíbrio corporal, tendo dificuldade um pouco de dificuldade no andar e na fala. Na maioria das palavras não consegue falar com clareza. Participa ativamente das brincadeiras propostas. Já consegue recortar, sem a ajuda da professora. Tem facilidade em traçar pontilhados. consegue ficar mais tempo atenta em uma atividade, bem mais que quando iniciou.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

A frequência na sala do AEE, deixa muito a desejar, mas quando participa, consegue fazer algumas atividades como recorte, colagem, pintura... Consegue se concentrar em desenhos animados principalmente quando há musicas.
Na expressão oral, a aluna não consegue falar com clareza a maioria das palavras, mas sempre tenta, querendo melhorar e já reconhece alguns objetos diários do seu dia a dia e imagem de animais. (sempre é trabalhando com imagens para trabalhar a fala e memoria.



· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A maior dificuldade com relação a aprendizagem da aluna, são as frenquencia mas já foi conversado com a mãe para que no próximo semestre melhore, outro fator importante que precisa ser trabalhado é a fala mas que tá em processo de encaminhamento para fonoaudióloga.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que a aluna tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida























RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: FRANCISCO LUCAS SOUSA
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
Tem alguns momentos de comportamento agressivo, usando as vezes palavras que não caberia para um ambiente escolar, porém tem atitudes de carinho com o professor, sempre mostrando que o que fez não é certo e pedindo desculpas.
Tem expressões de cortesia, desde quando chega no ambiente escolar ao agradecer o que o professor faz.
Aspectos psicomotor

Apresenta um bom equilíbrio corporal. Na maioria das palavras não consegue falar com clareza. Participa ativamente das brincadeiras propostas. Já consegue recortar, sem a ajuda da professora. Tem facilidade em traçar pontilhados. consegue ficar mais tempo atenta em uma atividade, bem mais que quando iniciou.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

A frequência na sala do AEE, deixa muito a desejar, mas quando participa, consegue fazer algumas atividades como recorte, colagem, pintura... mas se é prometido fazer em seguida o que ele gosta (exemplo- assistir o chaves).
Consegue se concentrar em desenhos se for o chaves mas aos poucos estamos conseguindo que ele goste de outros desenhos.
Na expressão oral, o aluno consegue identificar as letras do seu nome, algumas imagens do seu dia a dia e animais.
Na escrita, não se concentra ao escrever, pois quando fala em pegar lápis ou caneta, logo se irrita, ficando agressivo.



· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A maior dificuldade com relação a aprendizagem do aluno, é a falta de concentração e não pegar em lápis, e as faltas frequentemente.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.

































RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: FRANCISCO RENATO DO NASCIMENTO
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
Em situações de conflito coloca-se como expectador, mesmo quando está clara a sua participação, porem demostra ser uma criança alegre, prestativa e carinhosa. Sempre perto do professor.
Aspectos psicomotor

Apresenta um bom equilíbrio corporal. Mal usa palavras para se comunicar e quando é perguntado algo só ri ou fica olhando para professor.
Participa ativamente das brincadeiras propostas.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

A frequência na sala do AEE, deixa muito a desejar, muitas vezes parece se desligar da realidade, envolvido em seus pensamentos.
O aluno consegue ser participativo de forma acolhedora nas atividades em escrita ou manual mas quando sugerindo atividade que trabalhe a fala, comportamento logo se fecha sem resultados.

· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

A maior dificuldade com relação a aprendizagem do aluno são as faltas e o acompanhamento que não tem em casa. Não conseguimos ter contato com a família pois já mandamos chamar e nas reuniões não compareceu.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.






RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: JOÃO DANILO DE SOUSA
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
Demostra sempre alegria no seu rosto, adora carinho mas demostra timidez ao retribui-lo. Apresenta ter Claustrofobia, não fica dentro da sala se tiver com a porta fechada e caso tenha alguém que ele se acha ameaçado em fechar a porta ele fica segurando.
Aspectos psicomotor

Apresenta um bom equilíbrio corporal. Participa ativamente das brincadeiras propostas, muitas vezes ajuda a professora a manusear os exercícios proposto. Tem muitas reações de distrações, mas já consegue ficar mais tempo atento em uma atividade, bem mais que quando iniciou.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)

Nesse semestre as faltas são constantes, deixando a desejar o atendimento pois está em uma fase muito boa de aprendizado, conseguindo atingir o desejado e evoluindo muito, comparados aos últimos anos (tanto no aspecto cognitivo, as letras/cores/números como no comportamento, em ter o interesse em aprender).
Na expressão oral, o aluno consegue identificar algumas letras, seu nome, algumas imagens do seu dia a dia e animais. ( Muitas imagens que ele fala qualquer nome por falar, mesmo sendo por exemplo um animal ou objeto do seu dia a dia, como vaca ele fala que é um carro, não associa o nome com a imagem, mas já se percebe maior resultados, pois está diminuindo seu habito).
Na escrita, já consegue fazer seu dois primeiros nomes sem a ajuda da professora. Consegue fazer atividades, sendo só explicado pela professora.

· Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança

já foi marcado um atendimento com a psicologa no próximo semestre, para ajudar com claustrofobia, e mais uma vez vamos falar com os pais para tentar diminuir as faltas do aluno.
Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.


































RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: JOÃO FERNANDO DE VASCONCELOS
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
O aluno não tem nenhuma reação, ele chega no atendimento, a professora fala com ele mas não responde, só sorrir e baixa cabeça.
Aspectos psicomotor
O aluno já tem facilidade em manusear o computador, demostra ter interesse para aprender mas só quando o assunto o interessa. Por exemplo é trabalhado com ele o luz do saber, como não tem dialogo com ele, veja as evoluções quando vou falando e ele vai respondendo as atividades proposta no programa.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)
Percebe-se que a maioria das letras do alfabeto ele já consegue identificar, só algumas letras que tem dificuldade. Consegue fazer alguns fundamentos no computador, como ligar/desligar/imprimir, abrir programas para escrever, pesquisar na internet (só tem dificuldade pois não sabe ler e nem escrever mas é muito esperto é demostrado uma vez e ele não esquece).

Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança
Foi chamado a mãe e perguntado como age em casa e percebe-se que ele é tímido para falar mas que em casa tem hábitos normais como qualquer outra pessoas mas só demostra conversas com amigos e com a família. Tá sendo encaminhado uma ficha com seu comportamento para a psicologa para que possa nos ajudar a desenvolver diálogos com a professora para que assim podemos ter um rendimento mais satisfatório.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar
O aluno tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período
É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa
    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.









RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: ABRIL A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: MARCOS ALEX VASCONCELOS
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
O aluno apresentou no inicio do atendimento, dificuldades de alto-regulação, pois ao chegar na sala ia logo jogando tudo, para chamar atenção mas aos poucos estar mudando seus hábitos.
É muito afetuoso demostrando sempre seu carinho com professor e nos momentos de socialização com os colegas.

Aspectos psicomotor
Apresenta um pouco de dificuldades no equilíbrio e tem muita dificuldade na fala, mas tá sendo muito trabalhado atividades que desenvolva o estimulo de falar, como por exemplo cantar, ver/falar quais são as imagens, professor sempre estingando conversas para melhor desempenho.
Aspecto cognitivo (aprendizagem)
O alunos ainda estar em fase de adaptação de comportamento, não adquirindo conceitos mas esta em fase de aprendizado. (fala, comportamento, concentração...)

Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança
O alunos foi encaminhado para o atendimento fonoaudiologia/psicologo e na sala de recursos multifuncionais esta sendo desenvolvidas atividades relacionados as suas dificuldade.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar

A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.


Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.









RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: FEVEREIRO A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: EMANUEL DAVI DE SOUSA
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
O aluno demostra agressividade em situações de conflitos, usando o meio físico para alcançar o que deseja, mas quando percebe-se que não conseguirá com birras logo demostra carinho para alcançar o desejado.
Costuma não aceitar e compreender as solicitações dos adultos; Tem dificuldades em cumprir regras, mas aos poucos esta mudando suas atitudes.
Aspectos psicomotor
Desenvolve habilidades motoras finas e grossas, sempre se envolvendo em brincadeiras, cantos, danças. Tendo agilidades com lápis/tesoura, mostrando interesse na aprendizagem mas do seu jeito.
Aspecto cognitivo (aprendizagem)
O alunos ainda estar em fase de adaptação de comportamento, não adquirindo conceitos mas esta em fase de aprendizado. (fala, comportamento, concentração...)

Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança
É atendido na sala de recursos multifuncional uma vez por semana para socializar com os outros colegas.

Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar
A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.

















RELATÓRIO DESCRITIVO



PERÍODO: ABRIL A JUNHO DO ANO DE 2012
ALUNO: JOANA NARA VASCONCELOS
PROFESSOR (a): NATÁLIA MUNIZ DO NASCIMENTO
ATENDIMENTO: SALA DE RECURSO MULTIFUNCIONAL

Aspecto sócio emocional
A aluna estar sempre sorridente, é prestativa, mostrando sempre interesse em ajudar a professora e os outros colegas em atividades de socialização. As vezes aparenta cansaço ao chegar no atendimento mas logo passa.
Aspectos psicomotor
Tem dificuldades no equilíbrio corporal, mas sempre que possível é trabalhado exercício que ajudam para desenvolver a coordenação. Como por exemplos os glisses, que trabalha hipertonia/hipotonia (pressão exacerbada), esquema corporal (posição do corpo),Qualidade gráfica entre outros.

Aspecto cognitivo (aprendizagem)
A aluna ler claramente textos mas tem dificuldades para interpretações.
Sabe as noções básicas da matemática, com ajuda de material dourado (adição/subtração).

Trabalho realizado pela escola referente a dificuldade da criança
Atividades relacionados a melhoria no ensino regular como por exemplo interpretação de texto e matemática (adição/subtração), e exercício que ajuda no equilíbrio corporal.


Aspectos relacionados ao acompanhamento familiar
A criança tem tendencia a desenvolver mais rápido mas para isso precisamos da colaboração da família.
A família e escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança.

Recomendações a serem seguidas no próximo período

É importante que o aluno tenha um acompanhamento diariamente em casa, e que a família demostre que acredita na capacidade dela, mesmo com suas limitações, pois percebe-se maior desenvolvimento da aluno quando é transmitido confiança.

Algumas dicas importantes para a realização do dever de casa

    Estimular sim, executar não - Os responsáveis não devem fazer o dever pela criança e sim demonstrar interesse pelo que a criança está aprendendo, dando algumas explicações com boa vontade e paciência.
    Estipular um horário - É importante que a criança realize sua tarefa de casa sempre no mesmo horário, para que se possa criar hábitos de estudo.
    Local apropriado – Esta é uma das regras básicas para tornar o dever satisfatório. Não dá para realizar uma tarefa enquanto se assiste à televisão ou se ouve música, muito menos durante os intervalos de qualquer outra atividade isso pode atrapalhar a concentração da criança.
    Pensamento positivo - Fique atenta para não transmitir, inconscientemente, que fazer o dever de casa é chato. Ao invés de cobrar “já fez o dever?“ ou “ainda não acabou a lição? “tente participar: “prendeu algo novo na escola?“ ou “o que tem de bom no seu dever de hoje?“. Se demonstrar pressa ou aflição em se livrar da tarefa, a criança vai acreditar que estudar não é bom.
    Quando os pais trabalham fora - Para suprir a ausência no momento do dever certifique-se, antes de sair, de que seu filho dispõe de todo o material necessário para cumprir a lição do dia. O ideal é que os adultos reservem um tempinho para se informar sobre o dever passado, assegurando-se de que a criança não tenha dúvida.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SEU RECADINHO!